Aba 1

Postado em 31 de Janeiro de 2020 às 11h17

Taxa de desemprego cai no país e fecha 2019 em 11,9%

Índice é inferior ao de 2018, que encerrou o ano em 12,3%

Por Vitor Abdala e Cristina Índio do Brasil - Repórteres da Agência Brasil

A taxa média de desemprego no país caiu para 11,9% em 2019. A taxa é inferior à registrada em 2018, que havia fechado o ano em 12,3%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios ? Contínua (Pnad-C), divulgada hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No quarto trimestre do ano, a taxa de desemprego ficou em 11%. No terceiro trimestre do ano, o índice havia sido de 11,8%.

A média anual de desocupados completou 2019 com menos 215 mil pessoas em relação ao ano anterior. Com o recuo de 1,7%, ficou em 12,6 milhões. No último trimestre de 2019, a queda na comparação com os três meses anteriores ficou em 7,1%, ou menos 883 mil pessoas. Com relação a igual período de 2018, o recuo é de 4,3%, o que significa menos 520 mil pessoas.

Ainda de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios ? Contínua (Pnad-C), a população ocupada, na média anual, alcançou 93,4 milhões, sendo 2% acima da registrada em 2018. Na comparação do último trimestre de 2019, com o período anterior, a alta é de 0,8%, o que representa mais 751 mil pessoas. Em relação ao mesmo trimestre em 2018, a elevação ficou em 2%, ou seja, mais 1,8 milhão de pessoas.

Os trabalhadores por conta própria cresceram 4,1% na média de 2019, atingindo 24,2 milhões, comparados a 2018. No último trimestre o índice ficou estável em relação ao período anterior e cresceu 3,3%, mais 782 mil pessoas.

O número de empregados sem carteira assinada subiu 4% na média anual, o que significa mais 446 mil pessoas em 2019 na comparação com 2018. No último trimestre ficou estável se comparado ao mesmo período anterior e cresceu 3,2%, se comparado aos três últimos meses de 2018, representando mais 367 mil pessoas.

Na categoria de empregados com carteira de trabalho assinada a alta ficou em 1,1% na média anual, alcançando 33,2 milhões de trabalhadores, ou um crescimento de 356 mil pessoas. Nos últimos três meses do ano subiu 1,8% ( mais 593 mil pessoas), frente ao trimestre anterior e 2,2%, mais 726 mil pessoas, em relação ao mesmo trimestre de 2018.

Fonte: Agência Brasil

Veja também

Lojistas apontam crescimento de 7,5% nas vendas em dezembro de 201905/02/20 Pesquisa da Alshop reúne dados de 30 mil pontos de venda no país Por Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil A Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) informou, nesta terça-feira (4), que as vendas do setor aumentaram 7,5% em dezembro passado na comparação com o mesmo mês do ano anterior. A pesquisa da Alshop, que......
Bem localizada, Tenda Comercial é ótima oportunidade para negócios durante a ExpoMutum 201404/06/14Sete stands ainda estão disponíveis. Organizadores estimam público de 15 mil pessoas por noite Com o objetivo de agregar valor à festa agropecuária do município de Nova Mutum e garantir boas oportunidades de negócios e visibilidade à classe comercial local, uma tenda própria para o comércio e setor de......
Perda total ou em parte da renda mensal já atingiu 40% dos brasileiros07/05/20 Perda total ou em parte da renda mensal já atingiu 40% dos brasileiros Por Camila Boehm Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que a perda do poder de compra já atingiu quatro em cada dez brasileiros desde o início da pandemia. Do......

Voltar para Notícias