• Acenm/CDL -

Notícias

Postado em 12 de Junho às 14h29

Taques propõe pacto por Mato Grosso aos empresários

Acenm/CDL Empresários de vários segmentos de Mato Grosso participaram nesta terça-feira (06.06), em Cuiabá, de uma palestra com o governador Pedro Taques sobre o momento econômico do Estado. O evento contou com...

Empresários de vários segmentos de Mato Grosso participaram nesta terça-feira (06.06), em Cuiabá, de uma palestra com o governador Pedro Taques sobre o momento econômico do Estado. O evento contou com o apoio da Facmat, da FCDL, da Fiemt, da Fecomércio, da Famato, da CDL e da Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC). Secretários estaduais e os deputados Dilmar Dal Bosco e Oscar Bezerra, da Frente Parlamentar do Comércio, marcaram presença.

Numa fala de aproximadamente 30 minutos o governador avaliou que Mato Grosso não está quebrado, mesmo com a forte crise, mas que passa, momentaneamente, por um problema de fluxo de caixa que será normalizado num futuro breve com as medidas de austeridade que vem sendo tomadas e com as de estímulo a economia local.

Taques argumentou que está tentando uma agenda com os poderes, com os presidentes das principais associações, com os representantes dos servidores públicos e convidará todos que participaram da palestra para que seja feito um Pacto Por Mato Grosso. “Eu não vou resolver os problemas do Estado sozinho. A forma de administrar tem que ser ouvindo os segmentos, e é isso que estamos fazendo”, afirmou.

O presidente da Facmat e da ACC, Jonas Alves, aprovou a iniciativa do governador de ouvir as entidades em prol da discussão do Estado. “É uma maneira de o governo socializar suas ações e mostrar o que está fazendo diante das dificuldades. Os empresários precisam de um norte para poder seguir nas suas decisões e futuros negócios. O governador tem que estar presente, estar junto da sociedade, assim como os seus secretários que também estavam presentes ouvindo os empresários”, completou.

Aos empresários, o governador comparou o Estado com uma grande empresa, mas que precisa respeitar algumas peculiaridades. Destacou que com o orçamento de R$ 18 bilhões em 2017, a “maior empresa de Mato Grosso”, paga por mês, cerca de R$ 600 milhões em salário aos servidores. “Não posso atrasar o pagamento porque é uma alta quantia que circula pelo comércio e ajuda a manter nossa economia”, disse.

Segundo Taques, para buscar um alívio no caixa, o Estado já prepara uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para limitar os gastos à inflação oficial registrada no ano anterior. A medida deve valer por 10 anos. Como contrapartida à adoção da PEC, o Estado deixará de pagar, em um primeiro momento, as dívidas com a União e terá o saldo renegociado, como prevê a Lei Complementar 156/2016, que estabelece o Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal e medidas de estímulo ao reequilíbrio fiscal.

No encontro com os empresários, o governador lembrou ainda que pediu uma economia dos Poderes em 15% para o orçamento de 2017. No entanto, não conseguiu a aprovação da medida na Assembleia Legislativa. Caso a PEC seja aprovada, também valerá para os gastos dos outros Poderes.

Do staff do Estado participaram do evento os secretários Max Russi (Setas), Ricardo Tomzcyk (Sedec), Gustavo Oliveira (Fazenda) e o secretário-adjunto de Turismo da Sedec, Luis Carlos Nigro.

Também participaram do evento o presidente da CDL, Nelson Soares Junior; o presidente da CDL Rondonópolis, Neles Walter Ferreira de Farias; o presidente da FCDL, Ozair Bezerra; o presidente da Fiemt, Jandir Milan; o presidente da Fecomércio, Hermes Martins da Cunha; o secretário de Cultura de Cuiabá, Francisco Vuolo; a presidente do CRCMT, Silvia Mara Leite Cavalcante; o suplente de deputado estadual, Carlos Avalone; e o conselheiro tributário da OABMT, Carlos Roberto Montenegro, além de diversos representantes de associações e entidades ligadas à economia mato-grossense.

Fonte:
Assessoria Facmat e ACC
 

Veja também

Governo reabre possibilidade de adesão ao Refaz02/10/15 O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Fazenda, reabriu a possibilidade para que contribuintes paguem suas dívidas tributárias com condições especiais. Até o dia 30 de outubro, quem tem débitos registrados no Sistema Eletrônico de Conta Corrente Geral do Estado pode aderir ao Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda......
TOP OF MIND 2015: Acenm/CDL anuncia ganhadores 04/09/15Nesta edição, 120 segmentos empresariais serão contemplados com o prêmio. Confira a relação dos ganhadores: A Acenm/CDL divulgou na manhã desta sexta-feira (04) a relação dos ganhadores do prêmio Top of Mind 2015. O evento que em inglês significa ‘topo da mente’ tem como objetivo identificar as empresas ou marcas mais......
AVISO: adiada reunião com secretário estadual de Segurança Pública12/03/15Encontro com empresários seria nesta sexta-feira A reunião dos empresários de Nova Mutum com o secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, e com o deputado estadual Dilmar Dal Bosco, inicialmente marcada para esta sexta-feira (13), às 9h, na Câmara......

Voltar para Notícias