Aba 1

Postado em 12 de Março de 2014 às 12h26

Sefaz disponibiliza valores relativos à Tacin 2014

Acenm/CDL Novo Conteúdo 01 A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) informa que estão disponíveis no Sistema Eletrônico de Conta Corrente Geral (CCG) os valores relativos à Taxa de Segurança Contra...

A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) informa que estão disponíveis no Sistema Eletrônico de Conta Corrente Geral (CCG) os valores relativos à Taxa de Segurança Contra Incêndio (Tacin) 2014. O prazo para pagamento é até o dia 31 de março.

A Tacin deve ser paga por contribuintes do comércio e indústria, prestadores de serviços situados nos 17 municípios mato-grossenses que possuem unidades do Corpo de Bombeiros (Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Campo Verde, Colíder, Cuiabá, Jaciara, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Várzea Grande).

No caso de produtor rural pessoa jurídica, com estabelecimento nestes municípios, a Tacin é devida para aqueles com faturamento superior a R$ 2,4 milhões em 2013. Atualmente, os obrigados ao recolhimento da taxa somam aproximadamente 76 mil contribuintes.

A guia (Documento de Arrecadação DAR) para recolhimento da Tacin está disponível no sistema eletrônico de Conta Corrente Geral do contribuinte e no portal Sefaz-MT, no endereço www.sefaz.mt.gov.br , no menu serviços Documentos de Arrecadação (lado esquerdo da página, para quem não for contribuinte do ICMS, Cadastrado na Sefaz).

Sobre o total da taxa relativa a edificações, instalações e locais de riscos que possuam o Alvará de Prevenção Contra Incêndio e Pânico emitido pelo Corpo de Bombeiros, com data de validade vigente, é aplicada redução de 30%.

O cálculo da Tacin é influenciado pela área construída (utilizada pelo contribuinte), pelo fator de graduação de risco e pela carga de incêndio específica do estabelecimento.

Em relação à área construída, a Sefaz disponibilizou, em 2012, ferramenta no cadastro de contribuintes para o contador do estabelecimento indicar, por intermédio de senha, a área correta. O contribuinte que não prestou esta informação teve a área arbitrada de acordo com a atividade e para correção deverá inserir a área correta no Cadastro, bem como ingressar com processo administrativo na Sefaz para solicitar revisão do valor arbitrado.

O contribuinte que deixar de pagar a Tacin fica impedido de retirar Certidão Negativa de Débitos na Sefaz, passa a ter restrições tributárias no trânsito de mercadorias, entre outras implicações.

______________________
Fonte: Sefaz-MT

Veja também

LANÇAMENTO OFICIAL: Campanha Eu Curto o Comércio de Nova Mutum inicia nesta quarta29/01/14Entidades pretendem demonstrar que o fortalecimento do comércio local retorna à população em forma de benefícios O que o cidadão mutuense ganha quando dá preferência ao comércio local? Esta é a pergunta que a campanha Eu Curto o Comércio de Nova Mutum irá responder através de ações diversas que visam conscientizar a população sobre a importância de se consumir no comércio do município e exigir nota fiscal. Com......
7º Fomenta Nacional está com inscrições abertas11/11/15Evento para empresários acontece em Cuiabá nos dias 17 e 18 de novembro As inscrições para o 7º Fomenta Nacional, que será realizado no Centro de Eventos do Pantanal nos dias 17 e 18 de novembro, estão abertas. O evento é organizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e......
Cresce para 21% o número de empresários do varejo e de serviços que planejam aderir à Black Friday; média de descontos será de 24%, apontam CNDL/SPC Brasil29/10/19 Dentre os que participaram ano passado, 63% tiveram bom desempenho das vendas; 54% dos empresários não acreditam que vendas antecipadas na Black Friday prejudicam Natal Cada vez mais incorporada ao calendário de datas comemorativas do varejo nacional, a......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.