Aba 1

Postado em 10 de Fevereiro de 2016 às 10h51

SEBRAE/MT demonstra em estudo que Decretos podem prejudicar os pequenos negócios

Documento que solicita a revisão dos Decretos 380 e 381 foi encaminhado ao Governador Pedro Taques

Acenm/CDL Documento que solicita a revisão dos Decretos 380 e 381 foi encaminhado ao Governador Pedro Taques Na tarde da última quinta-feira (4), representantes da FACMAT juntamente com o analista de políticas públicas do...

Na tarde da última quinta-feira (4), representantes da FACMAT juntamente com o analista de políticas públicas do Sebrae Nacional, Thiago Silva, e representantes do setor produtivo do Estado participaram de uma reunião na Secretaria de Estado de Fazenda - Sefaz, com o Secretário-Adjunto de Atendimento ao Cliente, Carlos Daniel Oliveira Barão e a equipe técnica da Secretaria. A reunião foi realizada para dar continuidade ao debate sobre as novas regras de tributação contidas nos Decretos 380 e 381.

Na ocasião foi entregue ao Secretário-Adjunto um documento (ver anexo abaixo) elaborado pelo Sebrae com um estudo mostrando que os Decretos 380 e 381 vão aumentar a burocracia e a tributação que incidem sobre os pequenos negócios no estado de Mato Grosso. O documento, que foi assinado pela Fecomércio, FACMAT, FCDL, CRCMT e Associação Comercial do Centro-Sul, solicita a revisão dos Decretos, estabelecendo uma regra diferenciada para a sua aplicação à micro e pequenas empresas, bem como requer o aumento do prazo para o início do cumprimento das obrigações para janeiro de 2017.

Em conclusão do documento o Sr. Hermes Martins da Cunha (Presidente do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE/MT), afirma que a Lei Complementar nº 123 (Estatuto das Micro e Pequenas Empresas) determina que toda nova obrigação que atinja os micro e pequenos negócios precisa trazer de forma expressa o tratamento favorecido e diferenciado, sob pena de não ser aplicável (art 1º). Dessa forma, a revisão dos decretos é medida que evitará ações judiciais contra o estado.
O documento foi encaminhado ao Governador Pedro Taques, Secretário de Estado de Fazenda, Paulo Ricardo Brustolim e Secretário de Estado de Desenvolvimento, Seneri Paludo.

Assessoria de Imprensa - Acenm/CDL

Veja também

Acenm/CDL participa da mobilização para aprovação do novo Simples Nacional27/03/14Presidente da Acenm esteve em Cuiabá, em evento com presença do ministro da Secretaria Especial da MPE, Afif Domingos Tramita no Congresso um projeto que, se aprovado, permitirá que 475 mil empresas entrem no regime tributário do Simples Nacional. Atualmente, as empresas do Simples são classificadas por setores e não pelo seu faturamento, o que impede que determinadas atividades se beneficiem desse sistema de tributação. A mobilização pelo novo Simples Nacional foi......
Últimos dias para depositar seus cupons do Natal Dourado13/01/18Campanha da Acenm/CDL sorteará R$ 32 mil em barras de ouro na próxima terça (16) A Acenm/CDL sorteará na próxima terça-feira (16.01), às 17h30, em seu auditório, os 24 prêmios da campanha Natal Dourado 2017. São R$ 32 mil em barras de ouro – um prêmio de R$ 9 mil, um de R$ 7 mil,......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.