Aba 1

Postado em 14 de Agosto de 2014 às 20h27

Medidas de segurança pública avançam em Nova Mutum

Empresários e autoridades locais conversam sobre as ações em andamento e projetam as ações futuras

Acenm/CDL Empresários e autoridades locais conversam sobre as ações em andamento e projetam as ações futuras Reunidos na noite desta terça-feira (12), no auditório da Associação Comercial e Empresarial e Câmara...

Reunidos na noite desta terça-feira (12), no auditório da Associação Comercial e Empresarial e Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (Acenm/CDL), empresários e autoridades do município deram sequência às discussões sobre a segurança pública em Nova Mutum.

A pauta da reunião incluiu assuntos como a instalação do sistema de câmeras de monitoramento na cidade, a necessidade de uma cadeia pública maior para o município, a possibilidade de se colocar os detentos para trabalhar, a possível viabilidade de criação da guarda municipal e a inclusão de entidades no Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) – que tem como objetivo ser um espaço de interlocução permanente entre as instituições do sistema de justiça criminal e os órgãos de segurança pública.

Entre os presentes na reunião estavam o presidente da Acenm, Carlos Alexandre Saito, o prefeito Adriano Pivetta, o secretário municipal de Administração, Geder Luiz Genz, o vereador Airton Pessi, o Comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar, Major Claudio Fernando, o oficial de justiça Paulinho Wilges Borda, representando o Conselho de Segurança, além de representantes da empresa contratada para administrar o sistema de câmeras de monitoramento da cidade e empresários.

CÂMERAS DE MONITORAMENTO – O sistema de câmeras de monitoramento já está em fase adiantada de implantação. A rede de cabos de fibra ótica já está instalada, ligando pontos estratégicos como todas as saídas da cidade, escolas, praças, entre outros locais de grande circulação de pessoas. Inicialmente o sistema terá 20 câmeras, número que aumentará nas próximas fases de implantação. A manutenção do sistema custará cerca de R$ 1 milhão por ano aos cofres públicos.

CADEIA PÚBLICA – Quanto à necessidade de se construir uma cadeia pública maior no município, que é de responsabilidade do governo estadual, os presentes na reunião entenderam por consenso que a reivindicação pela obra será levada ao próximo governador, que assumirá em janeiro de 2015, visto que em final de mandato nenhum governo assume compromissos desta ordem.

TRABALHO PARA DETENTOS – Discutiu-se também a possibilidade de convênio com uma associação que administra um programa de trabalho para detentos, a exemplo de Lucas do Rio Verde. O Executivo de Nova Mutum já está estudando o modelo do município vizinho, onde os presos trabalham com a produção de artefatos de cimento. O trabalho durante o cumprimento de pena é uma forma de ressocialização e recuperação dos reclusos.

GUARDA MUNICIPAL – Já a criação da Guarda Municipal, que é uma antiga reivindicação da classe empresarial, permanece distante da realidade do município. Segundo o secretário Geder Genz, “o estudo feito pelo poder Executivo apontou custos superiores a R$ 1,3 milhão ao ano para implantação e manutenção. A guarda teria 30 guardas de trânsito, sem poder de polícia ou mesmo porte legal de arma de fogo. Atualmente há disponível cerca de 50% desse valor, para aplicação em investimentos do setor, e esse recurso será utilizado em novas ferramentas, como por exemplo o monitoramento de ruas e avenidas”.

_______________________________________
Assessoria de Imprensa – Acenm/CDL
Agência Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Contribuintes devem incluir área para cobrança da Tacin até 20 de fevereiro17/02/14 Contribuintes mato-grossenses inscritos no cadastro da Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT), exceto o Microempreendedor Individual (MEI), o microprodutor rural pessoa física e o pequeno produtor rural, deverão informar, até a próxima quinta-feira (20.02), a área construída e utilizada de seu estabelecimento para efeito da cobrança da Taxa de......
Sefaz divulga regras para cálculo da substituição tributária03/12/19 Contribuintes podem aderir ao regime optativo de tributação do ICMS-ST até o dia 20 de dezembro A Secretaria de Fazenda (Sefaz) divulgou os percentuais de Margem de Valor Agregado (MVA) para apuração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços......

Voltar para Notícias