Aba 1

Postado em 30 de Julho de 2020 às 13h43

Economia mutuense dá fortes sinais de retomada

Fomento (61)Economia e mercados (114)
Acenm/CDL Mês de junho fechou com saldo de empregos positivo, aumento da arrecadação municipal e do movimento do comércio. Setores de eventos, gastronomia e escolas ainda sofrem Dados do SPC Brasil apontam que o...

Mês de junho fechou com saldo de empregos positivo, aumento da arrecadação municipal e do movimento do comércio. Setores de eventos, gastronomia e escolas ainda sofrem

Dados do SPC Brasil apontam que o movimento do comércio de Nova Mutum no mês de junho apresentou um crescimento de 5,03% frente ao mesmo período de 2019. O resultado do município foi superior à média nacional.

Em relação ao mês de maio/2020, a média nacional de junho/2020 apresentou um crescimento de 12,6% (segundo dados da Boa Vista), o que sinaliza para a retomada econômica pós epidemia. Contudo, se comparado ao mesmo período do ano passado, o movimento do comércio brasileiro sofreu uma retração de 3,3%.

“Isso mostra que a região está absorvendo muito bem o impacto da pandemia e retomando de forma consistente o fluxo econômico”, analisa o presidente da Acenm, Joelmir Faccio.

SINAIS DA RETOMADA - Em Nova Mutum, o segmento da construção civil dá uma amostra da forte retomada, com 362 alvarás de construção emitidos no 1º semestre, o que representa um crescimento de 42,52% em relação ao mesmo período de 2019.

Há também o fator da injeção de recursos proporcionada pelo auxílio emergencial do governo federal, que injetou uma quantidade substancial de dinheiro na economia. “O mais importante é que não sofremos com o desemprego como era esperado no início da pandemia, que a nosso ver seria o ponto mais sensível da crise sanitária”, avalia o presidente da CDL Nova Mutum, Roberto Giequelin.

Outro ponto positivo que reflete a recuperação econômica pós pandemia em Nova Mutum são os números da arrecadação municipal. Conforme o portal da transparência da prefeitura, em junho/2020 a arrecadação voltou ao patamar pré pandemia. O pico da recessão foi o mês de abril, que registrou queda de 27,4% na arrecadação do município e no movimento do comércio. 

GERAÇÃO DE EMPREGOS - Com relação à geração de empregos, Nova Mutum fechou mais um mês com saldo positivo, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Após o saldo de 148 em maio, junho fechou com 272 empregos a mais. Foram 748 admissões contra 476 desligamentos. Os destaques foram os setores da indústria (+99), do agro (+89) e do comércio (+59). Em Mato Grosso os números também foram animadores. O saldo positivo de 6.790 empregos em junho mostra forte tendência de recuperação econômica.

SETORES MAIS AFETADOS - Alguns segmentos ainda sofrem o efeito devastador da pandemia, como escolas particulares, eventos e gastronomia, que tiveram seu faturamento fortemente reduzido. Segundo o Boletim da Receita Estadual nº 13, da Sefaz-MT, a queda de faturamento registrada na gastronomia chegou a -64,5% na última semana de junho/2020. “Mas sem dúvida nenhuma o segmento mais afetado foi o de eventos, que teve seu faturamento praticamente suspenso”, comenta o gerente administrativo da Acenm/CDL, Rodrigo Rigoni.


Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC | Ascom - Acenm/CDL

Veja também

Comércio mutuense e Ministério Público abordam a Covid-19 em reunião04/05/20Acenm/CDL reuniu seus diretores para alinhar políticas de controle à doença junto ao promotor de Justiça Local e autoridades municipais Cerca de 30 diretores da Acenm e da CDL Nova Mutum participaram de uma reunião com o Promotor de Justiça Henrique de Carvalho Pugliesi na manhã desta segunda-feira (04/05), no auditório das entidades, para tratar da legislação relacionada à prevenção da Covid-19, especialmente no que diz respeito ao setor empresarial. Participaram também a......

Voltar para Notícias