Aba 1

Postado em 25 de Fevereiro de 2016 às 18h55

Coquetel empresarial lança programa para desenvolvimento das empresas mutuenses

Empreender está no sangue do brasileiro. Segundo dados de pesquisa realizada pelo Sebrae, três em cada dez brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio. Porém depois de colocar a empresa em funcionamento, o maior desafio do empresário é mantê-la lucrativa e produtiva, o que o leva a buscar alternativas criativas para manter seu negócio funcionando de maneira eficiente.

No Brasil, um grande número de empresas, principalmente de pequeno porte, encerram as atividades nos primeiros anos de existência, revela a pesquisa.

Neste contexto, a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil – CACB, em parceria com o Sebrae e a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado Mato Grosso (Facmat), desenvolveu o programa Empreender, que chega em Nova Mutum para incentivar a busca de novos mercados, estimular os empresários a enfrentarem os desafios, além de desenvolver lideranças empresariais.

Unir para crescer – O slogan reflete com fidelidade o espírito do programa, o associativismo entre as empresas do mesmo segmento que gera crescimento. A ideia é que as empresas se tornem parceiras, na qual o concorrente, longe de ser um competidor, é cooperador de seu concorrente. Com o propósito de todos ganharem juntos.

Coquetel Empresarial marca o início das atividades - Para dar início ao programa, a Acenm/CDL aproveitou mais uma edição do Coquetel Empresarial que realiza anualmente e promoveu, na noite desta quarta-feira (24), uma palestra com o Consultor Jaime Tezza, intitulada “Empreendedorismo que gera desenvolvimento sustentável”. “O Empreendedor precisa ter visão, atitude, planejamento, informação, além de ter uma insatisfação que gere uma busca constante de inovação para o seu negócio”, destaca Tezza.

O presidente da Acenm, Jimmy Huppes, destacou que o programa Empreender veio ao encontro do desejo que a Acenm/CDL de dar andamento à formação de câmaras setoriais, e reforçou o quanto toda a equipe se esforçou para que Nova Mutum fosse contemplada com os recursos do programa.

Estiveram presentes no Coquetel representantes de diversos segmentos, entre eles materiais para construção, vidraçaria, salão de beleza, loja de automóvel, restaurante, escola de idiomas, marmoraria e hotelaria.

A partir de agora os núcleos setoriais serão formados e aqueles que tiverem interesse podem procurar os responsáveis pelo projeto na Acenm/CDL.

Assessoria de Imprensa - Acenm/CDL

  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -

Veja também

Reforma da previdência é importante para 66% dos empresários, revela levantamento do SPC Brasil e CNDL01/02/18Para 79% dos líderes empresariais, mudanças atuais na política econômica também são importantes Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com líderes empresarias dos ramos do comércio e serviços revela que a maior parte da classe empresarial avalia de forma positiva as mudanças na política econômica do atual governo. Segundo o levantamento,......
15% DOS INADIMPLENTES JÁ FIZERAM EMPRÉSTIMOS PARA NEGATIVADOS PARA LIMPAR O NOME, MOSTRAM SPC BRASIL E CNDL26/04/1730% escolheram essa modalidade por não conseguirem crédito em banco e 25% por ser a forma encontrada para quitar as dívidas. Apenas 55% analisaram as taxas de j A promessa é famosa: empréstimos concedidos rapidamente, sem muita burocracia, mesmo que o consumidor já esteja negativado. Muitas pessoas, sem conhecimento das elevadas taxas de juros, acabam aceitando esse tipo crédito como......
Contra a “mão única” nas perimetrais de Nova Mutum23/07/15Cerca de 100 empresas situadas nas ruas perimetrais à BR 163 levam reivindicação ao DNIT para manter o sentido duplo O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT), Orlando Fanaia Machado, esteve nesta terça-feira (22) em Nova Mutum e pediu prazo de 15 dias para dar uma resposta às empresas de Nova Mutum que estão......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.