Aba 1

Postado em 13 de Dezembro de 2016 às 15h16

Contribuintes do Simples Nacional já podem parcelar débitos com Receita

Acenm/CDL Os contribuintes optantes pelo Simples Nacional e que tenham débitos com a Receita Federal relativos a competências até maio de 2016 poderão optar pelo parcelamento da dívida em até 120 meses,...

Os contribuintes optantes pelo Simples Nacional e que tenham débitos com a Receita Federal relativos a competências até maio de 2016 poderão optar pelo parcelamento da dívida em até 120 meses, com prestação mínima de R$ 300. O prazo de opção começa hoje e vai até o dia 10 de março de 2017. A opção pelo parcelamento abrange a totalidade dos débitos exigíveis e implica desistência compulsória dos parcelamentos em curso.

A resolução e a instrução normativa que regulamentam o parcelamento de débitos do Simples Nacional foram publicadas na últiam segunda (12) no Diário Oficial da União.

Para incluir no parcelamento os débitos que estão em discussão administrativa ou judicial, o contribuinte deverá comparecer à unidade da Receita Federal de seu domicílio tributário e apresentar desistência da discussão administrativa ou cópia da petição de desistência da ação judicial. A primeira parcela deverá ser paga, em regra, até dois dias após o pedido ou até o último dia útil do mês, o que for menor, informou a Receita Federal.

O pedido de parcelamento deverá ser apresentado até as 20h, horário de Brasília, do dia 10 de março de 2017, exclusivamente por meio do site da Receita na internet nos portais e-CAC ou Simples Nacional.

Fonte: Agência Brasil
Foto: Reprodução

Veja também

Golpe da transferência estornada volta a assombrar empresas mutuenses14/05/18Dois casos foram relatados por corretoras de seguros e um caso por uma oficina mecânica O antigo “golpe da transferência bancária estornada” voltou a assombrar empresários de Nova Mutum, desta vez com duas ocorrências contra corretoras de seguros e outra contra uma oficina mecânica, as três na semana passada. As vítimas, associadas à Acenm e à CDL, comunicaram as entidades para que o alerta fosse emitido aos demais......
Convênio entre Acenm/CDL e Sicredi permite crédito com taxa de 0,99% a associados19/03Outros benefícios são a maquininha de cartão com custo baixo, operações de Ted e Doc ilimitadas, consultoria para MEIs e canal gratuito de compra e venda A Acenm e a CDL Nova Mutum, representadas por seus presidentes Joelmir Faccio e Roberto Giequelin, respectivamente, assinaram na tarde desta quarta-feira (18) um convênio com a cooperativa de crédito Sicredi Ouro Verde MT, para a oferta de novos......

Voltar para Notícias