Aba 1

Postado em 08 de Outubro de 2015 às 13h49

Consumidor opta pela moderação no Dia das Crianças

Acenm/CDL O consumidor está menos disposto a comprar presentes e vai gastar menos este ano para comemorar o Dia das Crianças, segundo levantamento nacional realizado pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de...

O consumidor está menos disposto a comprar presentes e vai gastar menos este ano para comemorar o Dia das Crianças, segundo levantamento nacional realizado pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). A pesquisa mostrou que 75% planejam ir às compras para essa data, o que representa uma queda em comparação aos 81% do levantamento realizado em 2014.

Além disso, 59% pretendem gastar menos ou a mesma quantia do ano passado para comemorar o Dia das Crianças e 41% planejam comprar mais. O levantamento da Boa Vista SCPC mostrou que a maioria (27%) gastará menos por contenção de despesas, enquanto 22% alegam que o motivo da retração é o aumento dos preços e 20% dizem que vão priorizar o pagamento de outras despesas, como contas de água e de luz e mensalidades escolares.

O valor médio do presente para as crianças será de R$ 188 este ano, o que significa uma queda de 11% em relação ao ano passado (sem levar em conta a inflação), de acordo com a pesquisa. No geral, 51% pretendem gastar até R$ 100 (21% até R$ 50 e 30% entre R$ 51 e 100).

A pesquisa da Boa Vista SCPC revelou também que 67% presentearão os filhos no Dia das Crianças e 28% vão lembrar dos sobrinhos e 15% dos afilhados.

As compras para lembrar a data serão baseadas principalmente no desejo das crianças (32%), enquanto 25% levarão em conta principalmente o preço.

O levantamento mostrou que 40% dos consumidores vão presentear as crianças com brinquedos, o que representa uma queda em relação aos anos anteriores (a fatia dos que deram prioridade aos brinquedos foi de 62% em 2013 e de 47% em 2014).

Já os eletrônicos ganharam espaço este ano: o levantamento da Boa Vista SCPC mostrou que 28% comprarão esses produtos para o Dia das Crianças, em comparação a 23% que fizeram essa opção no ano passado e 13% em 2013. Vestuário e calçados serão o alvo para 21% dos entrevistados, em comparação a 17% no ano passado.

A pesquisa da Boa Vista SCPC mostrou que 64% dos consumidores vão comprar o presente para o Dia das Crianças à vista, um crescimento de 10 pontos percentuais em relação ao levantamento do ano passado. Outros 36% optarão pelo parcelamento, dos quais 72% pagarão com cartão de crédito e 23% via carnê ou boleto.

Fonte: Boa Vista SCPC

Veja também

Empresários e contribuintes de Mato Grosso podem incluir débitos recentes na negociação do Refis e Regularize08/01 Por mais que o estado "perca" a arrecadação de juros e multas, por outro lado poderá receber dívidas que talvez nem seriam mais pagas. Nesta quinta-feira (7) foi promulgada a PEC 15/2020 pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que acaba com a vedação para negociação dos débitos cujo fato gerador tenha ocorrido após 2016......
Audiência pública sobre o polêmico Decreto 380 será realizada quarta na Assembleia17/02/16Membros da Câmara Setorial Temática decidiram que os impactos do decreto 380 devem ser discutidos antes de ir para votação. Classe empresarial está convocada a A audiência pública para analisar e propor medidas ao sistema tributário estadual será realizada na próxima quarta (24) na Assembleia Legislativa. Membros da Câmara Setorial Temática decidiram adiar a......
ACENM/CDL ALERTA : Fax é utilizado para “golpe da lista telefônica” 06/03/14 O antigo “golpe da lista telefônica” ainda preocupa empresas mutuenses. Na última quinta-feira (27) a Acenm/CDL recebeu nova denúncia por parte de uma empresa local que acabava de sofrer uma tentativa de fraude. Em anos......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.