Notícias

Postado em 28 de Novembro de 2013 às 18h37

Comércio mutuense se prepara para o final de ano

Datas Comerciais (36)Feiras e Eventos (76)Fomento (51)

O varejo já se prepara para o período de final de ano, e em Nova Mutum as ações para impulsionar as vendas já começaram.

Segundo lojistas locais, o movimento ainda é fraco neste final de novembro, mas a expectativa é de que as vendas aumentem com a injeção do 13º salário na economia e o movimento melhore principalmente a partir do dia 10 de dezembro. Para este levantamento, a Acenm/CDL fez uma sondagem com lojistas dos ramos de vestuário e calçados, brinquedos, joias e acessórios e móveis e eletro.

Mais otimista, o varejo de confecções espera em torno de 40% a mais nas vendas de dezembro – em relação aos períodos normais – e as panificadoras esperam de 15% a 20%.

Um dos fatores que promete movimentar a economia mutuense em dezembro é o pagamento antecipado dos salários e do décimo terceiro do funcionalismo público municipal. Conforme informações internas da prefeitura, os salários do mês 11 e o décimo terceiro serão pagos no dia 30 de novembro, e os salários do mês 12 serão antecipados para o dia 20 de dezembro, cinco dias antes do Natal. O Executivo ainda analisa a possibilidade de antecipar o pagamento das férias.

CAMPANHAS

Entre as ações para fomentar as vendas está a campanha Natal Premiado, realizada pela Acenm/CDL, que foi lançada no dia 13 de novembro e já conta com mais de 60 estabelecimentos participantes. A premiação, que inclui um Carro 0km, atinge o montante de R$ 78 mil.

Da parte do município, será instalada na Avenida Mutum a decoração e iluminação natalina para atrair e estimular a população. Com o tema “Nova Mutum – Cidade que Brilha”, a campanha terá ainda premiação para os comércios e residências melhor decorados. Os interessados devem consultar o regulamento e fazer a inscrição de seus imóveis de 1º a 18 de dezembro, na Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo.

NO BRASIL

Em nível nacional, o comércio espera o melhor Natal dos últimos dois anos, de acordo com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Os principais fatores são a injeção de R$ 143 bilhões em função do décimo terceiro – um crescimento de 9,8% em relação ao ano de 2012, segundo dados do Dieese – e a inflação sob controle.

As vendas a prazo do varejo brasileiro na semana que antecede o Natal (18 a 24 de dezembro) devem acelerar em relação aos anos anteriores e crescer 5% na comparação com o ano de 2012. Nos anos anteriores, as expansões foram de 2,37% (2012), de 2,33% (2011) e de 10,89% (2010).

_________________________________
Assessoria de imprensa – Acenm/CDL
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Taques propõe pacto por Mato Grosso aos empresários12/06/17 Empresários de vários segmentos de Mato Grosso participaram nesta terça-feira (06.06), em Cuiabá, de uma palestra com o governador Pedro Taques sobre o momento econômico do Estado. O evento contou com o apoio da Facmat, da FCDL, da Fiemt, da Fecomércio, da Famato, da CDL e da Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC). Secretários estaduais......

Voltar para Notícias