Aba 1

Postado em 21 de Julho de 2017 às 15h18

CDL e ACENM constata aumento na inadimplência no primeiro semestre de 2017 em Nova Mutum

Acenm/CDL Através das parcerias entre ACENM e Boa Vista, CDL e SPC BRASIL é possível identificar o volume de CPFs negativados gerado em um determinado período. Com estas informações em mãos foi...

Através das parcerias entre ACENM e Boa Vista, CDL e SPC BRASIL é possível identificar o volume de CPFs negativados gerado em um determinado período. Com estas informações em mãos foi possível comparar o 1° semestre de 2016 com o 1º semestre de 2017 e identificar um aumento de 20,4% no número de negativações no 1° semestre de 2017. Este resultado reflete as dificuldades que o cenário de desemprego elevado impõe às famílias.

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) estimam um total de 59,76 milhões de pessoas físicas negativadas no país, ao final de junho – um saldo de 1,5 milhões de nomes incluídos nas listas de negativação ao longo do primeiro semestre de 2017. O número representa 39,6% da população com idade entre 18 e 95 anos. Em junho do último ano, a estimativa apontava a marca de 59,1 milhões de inadimplentes.

A estimativa por faixa etária indica que entre 30 e 39 anos é maior frequência de negativados, uma vez que em junho metade dessa população (50,44%) estava com o nome incluído em listas de proteção ao crédito – um total de 17,2 milhões de pessoas. Vale destacar ainda que uma quantidade significativa das pessoas entre 40 e 49 anos está inadimplente (47,79%), bem como entre os consumidores de 25 a 29 anos (46,58%).

Fonte: CDL NOVA MUTUM

Veja também

Coquetel empresarial lança programa para desenvolvimento das empresas mutuenses25/02/16 Empreender está no sangue do brasileiro. Segundo dados de pesquisa realizada pelo Sebrae, três em cada dez brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio. Porém depois de colocar a empresa em funcionamento, o maior desafio do empresário é mantê-la lucrativa e produtiva, o que......
Acenm/CDL pede à Energisa restabelecimento do atendimento presencial22/05/20Sistema de atendimento à distância tem causado dificuldades e prejuízos a empresas Em ofício remetido nesta quarta-feira (20) à diretoria da Energisa Mato Grosso, na pessoa do diretor Sr. Amaury Antônio Damiance, a Acenm e a CDL solicitaram o restabelecimento com urgência do atendimento presencial na unidade de......

Voltar para Notícias