Aba 1

Postado em 12 de Março de 2015 às 12h19

AVISO: adiada reunião com secretário estadual de Segurança Pública

Encontro com empresários seria nesta sexta-feira

Acenm/CDL Encontro com empresários seria nesta sexta-feira A reunião dos empresários de Nova Mutum com o secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, e com o deputado estadual Dilmar Dal Bosco,...

A reunião dos empresários de Nova Mutum com o secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, e com o deputado estadual Dilmar Dal Bosco, inicialmente marcada para esta sexta-feira (13), às 9h, na Câmara de Vereadores, será remarcada para uma nova data.

O deputado comunicou o cancelamento na manhã de hoje (12) e justificou que o secretário não poderia sair de Cuiabá devido à solicitação do governador Pedro Taques para um trabalho extensivo neste final de semana na Capital, em razão dos manifestos que devem ser realizados em todo o Estado. “Peço desculpas pelo cancelamento, mas com certeza a reunião será remarcada para uma nova data”, anunciou Dal Bosco, que foi o intermediador do contato com o secretário Zaque.

A Associação Comercial e Empresarial e Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (Acenm/CDL), que convidou todos os empresários de Nova Mutum a participarem da reunião, enviará novo convite assim que a nova data for marcada.

O propósito do encontro do setor da segurança do município juntamente com a classe empresarial é que sejam apresentadas reivindicações ao Estado. Entre os assuntos a serem debatidos na reunião, destaca-se o Projeto de Lei que permite termos de convênio entre municípios e o Estado para implantação da jornada voluntária, onde os policiais de folga podem trabalhar voluntariamente, reforçando o efetivo.

“A segurança pública é uma das maiores preocupações da Acenm/CDL, então é muito importante que a classe empresarial se mobilize e deixe suas reivindicações para o Estado”, conclama o presidente da Acenm, Jimmy Huppes.

_______________________________________
Assessoria de Imprensa – Acenm/CDL
Agência Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Lei do Imposto na Nota: valor dos impostos deve constar na nota08/10/14O objetivo é mostrar ao consumidor o valor dos impostos que incidem em cada compra de mercadoria ou serviço A Lei do Imposto na Nota (Lei nº 12.741/12, de 8 de dezembro de 2012) nasceu com o intuito de informar ao cidadão o quanto representa a parcela dos tributos que paga a cada compra realizada. Assim, todo estabelecimento que efetuar vendas diretamente ao consumidor final está obrigado a incluir nos documentos fiscais ou equivalentes os impostos pagos, valores aproximados e......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.