Campanha Eu Curto o Comércio de Nova Mutum

Clique nas imagens para ampliar

  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
Acenm/CDL Lançada campanha Eu Curto o Comércio de Nova Mutum Organizada por uma comissão integrada pela Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas (Acenm/CDL), Prefeitura e...

Lançada campanha Eu Curto o Comércio de Nova Mutum

Organizada por uma comissão integrada pela Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas (Acenm/CDL), Prefeitura e Câmara de Vereadores, a campanha Eu Curto o Comércio de Nova Mutum foi oficialmente lançada no dia 29 de janeiro, na Acenm/CDL. Uma coletiva de imprensa marcou o ato, com presença dos presidentes Carlos Alexandre Saito (Acenm), Rodrigo Rigoni (CDL), do secretário municipal de Indústria Comércio e Turismo, Romário Limberger Júnior, do vereador Airton Pessi (Quick) e dos diretores da Acenm/CDL Jimmy Huppes, Hermínio Carli e Iane Wonz Souza.

Com duração de três meses, a primeira etapa da campanha já está sendo veiculada em diversas mídias, como rádio, TV, outdoor, internet. Também está presente através de materiais gratuitamente distribuídos como adesivos, folders e painéis informativos. Com uma linguagem de fácil entendimento, as peças respondem à seguinte pergunta: “O que o cidadão mutuense ganha quando dá preferência ao comércio local?” Assim, a campanha promove a conscientização da população sobre a importância de se consumir no comércio do município e exigir nota fiscal, mostrando a origem e destinação dos recursos gerados através da aquisição de produtos e serviços e abordando temas relevantes à comunidade, como saúde, segurança, educação, geração de empregos, novas empresas e obras públicas.

“Um comércio mais forte gera benefícios à população de várias formas. Os investimentos públicos aumentam à medida em que aumenta a arrecadação do município através dos impostos, proporcionando mais qualidade de vida às pessoas. Da mesma forma, o comércio valorizado consegue melhorar a qualidade do atendimento e da oferta de produtos e condições às pessoas, que novamente saem ganhando”, defende Saito.

“Para dar continuidade após a primeira etapa, já estamos preparando novas ações, que também carregarão o selo Eu Curto o Comércio de Nova Mutum”, explica Limberger Júnior.

__________________________________
Assessoria de imprensa – Acenm/CDL
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – JP 3621SC