Aba 1

Postado em 04 de Maio às 10h11

“Programa Mutum Mais fará aquecer a economia local”, avalia Acenm/CDL

Parcerias e Apoios (25)Economia e mercados (154)
Acenm/CDL Presidente da Acenm, Lirio Vitalli, prestigiou o lançamento do programa da Prefeitura de Nova Mutum na última sexta-feira (30) NOVA MUTUM, MATO GROSSO: O presidente da Associação Comercial e Empresarial...

Presidente da Acenm, Lirio Vitalli, prestigiou o lançamento do programa da Prefeitura de Nova Mutum na última sexta-feira (30)

NOVA MUTUM, MATO GROSSO: O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum (Acenm), Lirio Vitalli, e o gerente administrativo da Acenm/CDL, Rodrigo Rigoni, prestigiaram, na última sexta-feira (30) o lançamento do Programa Mutum Mais.

Lançado pelo prefeito Leandro Félix e pelo vice-prefeito Alcindo Uggeri, o programa é um pacote de ações com 17 obras estruturantes nas áreas de Saúde, Educação, Social, Segurança, Lazer, Urbanização e Mobilidade Urbana. Inicialmente os investimentos previstos são de R$ 35 milhões e contemplarão todas as regiões da cidade.

“Nós do meio empresarial vemos como extremamente importante este programa, que foi concebido e planejado visando à promoção de investimentos estratégicos que vão refletir diretamente no aquecimento da economia local, com geração de empregos e oportunidades. Parabéns à administração municipal, e continuem contando com a parceria da Acenm/CDL para o desenvolvimento do nosso município”, declarou o presidente da Acenm, Lirio Vitalli.

CONFIRA AS OBRAS:

SAÚDE: Construção de duas novas unidades de saúde da família na região sul da cidade, sendo uma dessas unidades adaptadas para funcionar como pronto atendimento.

EDUCAÇÃO: Construção da sede própria da Escola Estadual da Polícia Militar Tiradentes em parceria com o Governo do Estado. A obra será realizada entre os Bairros Flor de Pequi, Jardim Ágata e Arara Azul. Nova Escola Municipal de Educação Básica no Bairro Jardim Europa, com investimentos na obra de R$ 2,8 milhões, a unidade terá capacidade de atender 300 crianças. O prazo para conclusão da nova escola é de 10 meses após assinatura da ordem de serviço. A administração irá construir em local a ser definido uma escola de educação infantil no mesmo padrão da Escola Municipal 15 de Outubro com capacidade para atender até mil crianças.

SOCIAL: Construção de um Novo Centro Social no Distrito de Ranchão, que atenderá crianças e jovens no contraturno escolar, além de atividades de inclusão voltadas à terceira idade. O Centro Social Marton Lucca localizado na região norte terá sua sede ampliada visando aumentar o atendimento do número de crianças em vulnerabilidade social. Outro grande avanço na área social é a parceria com a cavalaria da Polícia Militar que vai permitir a implantação da Equoterapia, um método terapêutico e educacional que utiliza os cavalos dentro de uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, que busca o desenvolvimento das crianças.

SEGURANÇA PÚBLICA: Em parceria com o Governo do Estado a Prefeitura vai construir a sede própria da Força Tática no Bairro Cidade Nova. Outra obra de grande impacto será a construção da Politec, órgão responsável pelo atendimento pericial, criminal e identificação técnica.

MOBILIDADE URBANA: Seguindo o Plano de Mobilidade Urbana a prefeitura irá interligar a rua das seringueiras até a Avenida dos Beija-flores no Bairro Jardim das Orquídeas. A Avenida Brasil, uma das principais vias rápidas, receberá a construção de ciclovia da rotatória da Avenida das Seriemas até a Avenida dos Beija-flores.

URBANIZAÇÃO: Revitalização do Lago 06 com toda a infraestrutura, passeio público, jardinagem e iluminação. A Avenida Mutum ganhará novo visual com a revitalização do trecho que compreende a Avenida das Araras até a Avenida das Águias. A prefeitura também irá revitalizar a Avenida dos Uirapurus no Centro da Cidade, com novos contornos no canteiro central, paisagismo e várias inovações.

Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC | Ascom Acenm/CDL
Com informações do GCOM/PMNM

Veja também

Pedidos de falência caem 29,6% em janeiro11/02/20 De acordo com levantamento, os pedidos de falência caíram quase 30% no mês de janeiro. Os pedidos de falência no País caíram 29,6% em janeiro deste ano em relação a dezembro e cederam 2,7% no acumulado de 12 meses finalizados em janeiro, conforme a Boa Vista. Nessa base de comparação, as falências decretadas registraram queda de......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.