Aba 1

Postado em 05 de Janeiro às 14h16

Nova Mutum é o 10º município do Brasil mais rico do agronegócio

Economia e mercados (170)Fomento (100)

Nota do Ministério da Agricultura aponta no ranking nacional Nova Mutum em 10º lugar no Brasil e 5º no Mato Grosso.

por Ana Paula Dias | Foto: Arquivo

Uma nota divulgada nessa segunda-feira (03) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento classificou os 100 municípios mais ricos do agronegócio do Brasil.

Nova Mutum aparece em 10º lugar na posição geral do Brasil e em 5º na posição destinada somente para o estado de Mato Grosso com valor de produção de R$ 3,22 bilhões respectivamente. No total foram 35 cidades do Estado.

O levantamento é com base nos dados de 2020, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Foram feitas classificações pelo valor da produção das lavouras permanentes e temporárias e pelo Produto Interno Bruto dos municípios.

"Receber essa notícia nos deixou ainda mais motivados. Sabemos que o agronegócio tem sido reconhecido como um vetor crucial do crescimento econômico brasileiro. Ele é responsável por quase a metade das exportações totais do Brasil e isso mostra que Nova Mutum é uma cidade em pujante desenvolvimento, esse reconhecimento e o ranking apresentado são provas disso" - acrescentou Leandro Félix, Prefeito de Nova Mutum.

De acordo com a nota, os 100 municípios classificados geraram em 2020 valor da produção de R$ 151,2 bilhões, 32% do total, estimado em R$ 470,5 bilhões. Outros trabalhos mostram que esses municípios têm apresentado taxas de crescimento do emprego acima da média do estado correspondente, e também renda per capita superior à média.

Lista dos municípios mato-grossenses presentes no ranking:

1º - Sorriso (R$ 5,34 bilhões)

3º - Sapezal (R$ 4,28 bilhões)

4º - Campo Novo dos Parecis (R$ 3,79 bilhões)

6º - Nova Ubiratã (R$ 3,47 bilhões)

10º - Nova Mutum (R$ 3,22 bilhões)

11º - Diamantino (R$ 2,84 bilhões)

12º - Campo Verde (R$ 2,71 bilhões)

15º - Primavera do Leste (R$ 2,37 bilhões)

17º - Lucas do Rio Verde (R$ 2,35 bilhões)

18º - Querência (R$ 2,16 bilhões)

21º - Campos de Júlio (R$ 1,92 bilhão)

23º - Ipiranga do Norte (R$ 1,84 bilhão)

24º - Brasnorte (R$ 1,73 bilhão)

31º - Porto dos Gaúchos (R$ 1,58 bilhão)

33º - Tapurah (R$ 1,54 bilhão)

34º - Paranatinga (R$ 1,51 bilhão)

37º - Canarana (R$ 1,47 bilhão)

38º - São Feliz do Araguaia (R$ 1,44 bilhão)

43º - Santa Rita do Trivelato (R$ 1,26 bilhão)

47º - Itiquira (R$ 1,19 bilhão)

50º - Sinop (R$ 1,15 bilhão)

51º - Gaúcha do Norte (R$ 1,14 bilhão)

52º - Tabaporã (R$ 1,13 bilhão)

55º - Nova Maringá (R$ 1,12 bilhão)

56º - Santo Antônio do Leste (R$ 1,11 bilhão)

60º - Vera (R$ 1,05 bilhão)

63º - São José do Rio Claro (R$ 1,03 bilhão)

67º - Feliz Natal (R$ 953,1 milhões)

74º - Tangará da Serra (R$ 871,3 milhões)

78º - Água Boa (R$ 828,5 milhões)

80º - Santa Carmem (R$ 806,5 milhões)

89º - São José do Xingu (R$ 749,6 milhões)

93º - Novo São Joaquim (R$ 724,4 milhões)

97º - Bom Jesus do Araguaia (R$ 702,9 milhões)

100º - Cláudia (R$ 682 milhões)

Fonte: novamutum.mt.gov.br

Veja também

Novos empregos: Nova Mutum tem melhor trimestre desde 201103/05/21 Relatório econômico de março divulgado pela Acenm/CDL aponta saldo positivo na geração de empregos, alta nas vendas do comércio e desaceleração da inadimplência NOVA MUTUM, MATO GROSSO: Em 2021, Nova Mutum registrou o melhor primeiro trimestre da história do município em geração de empregos, criando 1.003 novos postos de......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.