Aba 1

Postado em 31 de Julho de 2017 às 09h31

ENTREGA DE ROUPAS COLETADAS PELA CAMPANHA DO AGASALHO PARA A PASTORAL DA CRIANÇA

Acenm/CDL Nesta quinta-feira (27) de julho na sede da ACENM/CDL aconteceu a entrega dos agasalhos, roupas e calçados coletados na Campanha do Agasalho ACENM/CDL. Estiveram presentes nesta solenidade o Pároco Rodrigo Adalberto...

Nesta quinta-feira (27) de julho na sede da ACENM/CDL aconteceu a entrega dos agasalhos, roupas e calçados coletados na Campanha do Agasalho ACENM/CDL.

Estiveram presentes nesta solenidade o Pároco Rodrigo Adalberto de Oliveira representando a Pastoral da Criança, o Sr°. Joelmir José Faccio presidente da ACENM e o Sr°. Roberto Carlos Giequelin presidente da CDL.

A campanha do agasalho ACENM/CDL teve início no dia 09 de junho e encerrou no dia 15 de julho, neste período foi coletado mais de 600 peças de roupas, graças aos 18 pontos de coleta espalhados pela nossa cidade. Segundo Joelmir José Faccio presidente da Acenm¨ campanha foi produtiva e com certeza continuaremos a realizá-la nos próximos anos, pois existe demanda em nossa cidade, e a ACENM/CDL tem o compromisso de dar o destino certo para as doações, por isso hoje está doando todos os itens coletados para a pastoral da criança que irá destinar para quem realmente precisa.

O Pároco Rodrigo Adalberto de Oliveira enalteceu a atitude das duas entidades que organizaram a campanha e mobilizou a população para ajudar as famílias que precisam.

¨A ACENM/CDL agradece a todos que participaram, e mesmo a campanha tendo terminado quem possuir alguma peça de roupa, agasalho ou calçado a entidade estará recebendo e destinando para quem precisa¨ complementou o Presidente da CDL Roberto Carlos Giequelin.

Fonte: ACENM/CDL

Veja também

Economia fecha 2019 com crescimento no ritmo mais forte desde início da crise27/12/19 Segundo bancos e consultorias, o PIB poderá crescer neste último trimestre até 0,8% na comparação com os três meses anteriores Por Agência Estado Com a ajuda da liberação dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a economia brasileira deverá ter o melhor fim de ano desde o início da recessão, em 2014, e deve começar 2020 aquecida. Segundo bancos e consultorias ouvidos pelo jornal O......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.