Aba 1

Postado em 30 de Abril às 08h24

Cerca de um terço das empresas mutuenses abrirão no feriado deste sábado

Datas Comerciais (14)Jurídico e Tributário (128)Economia e mercados (156)

Acenm/CDL realizou enquete entre empresas associadas

NOVA MUTUM, MATO GROSSO: Em enquete realizada nesta quarta-feira (28), a Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (Acenm/CDL) apurou que 27% das empresas mutuenses pretendem abrir ao público no feriado do Dia do Trabalhador, neste sábado, dia 1º de maio. A maioria, 68%, não abrirá e 5% talvez. A enquete obteve 100 respostas de empresas associadas à Acenm/CDL.

Entre os que responderam “Sim” (abrir) e “Talvez”, 66,7% pretendem abrir das 7h às 12h e 26,7% o dia todo. Os restantes 6,6% abrirão das 8h às 16h.

“Nós temos feito pesquisas rápidas como esta para conhecer as intenções das empresas locais e dessa forma atuar de forma a melhor representar os seus interesses. Além disso nós procuramos informar e orientar as empresas juridicamente em cada caso. A Acenm/CDL sempre lembra da importância de atentar para as leis trabalhistas em feriados. Essas enquetes não deixam de ser uma importante fonte de informação também para os consumidores, que podem melhor planejar suas compras nos feriados”, comenta o gerente administrativo da Acenm/CDL, Rodrigo Rigoni.

Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC | Ascom Acenm/CDL

Acenm/CDL Acenm/CDL realizou enquete entre empresas associadas NOVA MUTUM, MATO GROSSO: Em enquete realizada nesta quarta-feira (28), a Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas de...
Acenm/CDL

Veja também

Varejo brasileiro perde 21% de faturamento em março, com maior baque de até 80% em serviços03/04/20 Na quarta semana de março, setor de serviços viu redução de 80% na comparação mensal Por Paula Zogbi O varejo brasileiro sofreu um baque de 21% em queda de faturamento no mês de março na comparação com fevereiro, um reflexo da escalada do novo coronavírus no país. Ano a ano, a queda é ainda maior, de 22,6%. Os......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.