Aba 1

Postado em 04 de Junho às 10h52

Campanha da FCDL/MT orienta sobre lei que não obriga uso de máscaras de proteção a pessoas com deficiência

Alertas e Comunicados (129)

Assessoria de Imprensa
FCDL/MT


A Federação das CDLs de Mato Grosso (FCDL/MT) e as CDL´s do Estado estão realizando uma campanha de conscientização a população sobre o uso não obrigatório de máscaras em pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), deficiências sensoriais, intelectual ou qualquer outra que as impeçam de fazer o uso adequado de proteção para conter a pandemia da Covid-19.

A não obrigatoriedade do uso da máscara esta garantido a essas pessoas no art. 3º-A, da Lei n. 13.979/2020, que dispensa o uso de máscara de proteção individual no caso de pessoas com essas deficiências, bem como no caso de crianças com menos de 3 (três) anos de idade.

O presidente da FCDL/MT, Ozair Bezerra, explica como surgiu essa ação.

"Recebemos uma notificação recomendatória do Ministério Público após o órgão ter tomado conhecimento de um caso ocorrido no aeroporto Marechal Rondon onde a mãe e a criança autista, que não utilizava a máscara, foram retiradas do voo, para que juntos a outras entidades representativas do Estado conscientizássemos a população", comentou o presidente.

Para ele, é de suma importância a participação da Federação e das CDLs de Mato Grosso nesta campanha, uma vez que mesmo que existam leis próprias que garantam os direitos das pessoas com deficiência, o respeito mútuo é fundamental para a convivência.

"Vamos fazer essa campanha crescer e se tornar um hábito na vida de todo cidadão: respeitar e ter mais empatia com quem é portador de alguma deficiência. Contamos com todas as CDLs e empresários mato-grossenses para fomentar esta ação de conscientização", acrescentou Bezerra.

A campanha será divulgada nos canais de comunicação da FCDL/MT e de todas as entidades participantes, além disso, também estará disponível para quem queira participar.

Fonte: FCDL MT

Veja também

Impostos federais em atraso podem ser negociados com descontos de até 70%18/02 Por conta dos impactos econômicos provocados pela pandemia, pessoas físicas e jurídicas poderão negociar dívidas de impostos com a União. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) publicou a Portaria n. 1696, de 10 de fevereiro de 2021, que estabelece condições para transação por adesão para tributos federais vencidos no......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.