Aba 1

Postado em 06 de Fevereiro de 2020 às 08h49

Bandeira tarifária de fevereiro será verde e não terá cobrança a mais na conta de energia elétrica

Alertas e Comunicados (137)

Alívio na cobrança vem depois de sete meses seguidos de bandeiras amarela ou vermelha na conta de energia

Por Assessoria | Procon-MT

A energia elétrica chega ao consumidor em fevereiro de 2020 sem custos adicionais, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Isso porque a bandeira tarifária que vai operar este mês é a verde. Mesmo assim, a dica do Procon-MT é ficar atento ao consumo de energia e à leitura da fatura.

O alívio na cobrança vem depois de sete meses seguidos de cobrança de bandeiras amarela ou vermelha na conta de energia. De acordo com a Aneel, a atual situação climática contribuiu para suspensão da cobrança, uma vez que os reservatórios hidrológicos estão em condições favoráveis para a produção de energia pelas usinas hidrelétricas.

Seguindo a tabela de tarifas da Aneel, a bandeira passa a ser amarela em circunstâncias climáticas pouco favoráveis, quando aumenta a demanda por energia termoelétrica, resultando na cobrança de R$ 1,34 por 100 kWh (sem impostos). Em condições ainda mais desfavoráveis a bandeira fica vermelha, podendo ser "patamar 1", com cobrança de R$ 4,16 por 100 kWh, ou "patamar 2", com o valor de R$ 6,24 por 100 kWh.

Mesmo com a bandeira verde em vigor, é preciso consumir de forma consciente o recurso, evitando desperdício e sustos com a conta. O consumidor também deve ficar atento à fatura, observando as cobranças lançadas e a regularidade da leitura.

Em casos de possíveis abusos na cobrança, basta procurar a unidade do Procon mais próxima (confira aqui a lista) ou registrar sua reclamação no www.consumidor.gov.br.

Confira dicas de redução no consumo de energia

- Se utilizar chuveiro elétrico, optar por banhos mais curtos, de até cinco minutos;

- Diminuir o tempo de utilização de ar condicionado e ventiladores;

- Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário;

- Nunca colocar alimentos quentes na geladeira e verificar regularmente as borrachas de isolamento do equipamento;

- Apagar a luz ao sair de um cômodo;

- Não deixar ferro de passar ligado enquanto faz outra coisa e passar o máximo de roupas de uma vez só;

- Manter os aparelhos eletrônicos fora da tomada sempre que possível.

Fonte: SEFAZ MT

Veja também

SST: governo adia novas normas regulamentadoras de segurança e saúde do trabalho29/07 Agora, as empresas têm até o dia 03 de janeiro de 2022 para se adaptar às novas NRs de saúde e segurança do trabalho para evitar processos trabalhistas e multas. O governo federal adiou, mais uma vez, a entrada em vigor de quatro novas Normas Regulamentadoras (NRs) sobre segurança e saúde do trabalho. As empresas tinham que se adaptar às NRs nº......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.