Aba 1

Postado em 29 de Novembro de 2017 às 15h01

Após mobilização das CDLs, Taques revoga Decreto 1267/17

Governo pretendia mudar do dia 20 para o dia 8 de cada mês o pagamento do ICMS

Acenm/CDL Governo pretendia mudar do dia 20 para o dia 8 de cada mês o pagamento do ICMS O associativismo empresarial conseguiu uma importante conquista nesta semana, comemorada pelo movimento cedelista mato-grossense e pela CDL Nova...

O associativismo empresarial conseguiu uma importante conquista nesta semana, comemorada pelo movimento cedelista mato-grossense e pela CDL Nova Mutum.

Após um jantar político realizado na sede da FCDL-MT entre o governador Pedro Taques, secretários e integrantes do Sistema CNDL (presidentes, diretores e associados), com presença do presidente da CDL Nova Mutum, Roberto Giequelin, o governo decidiu revogar o Decreto 1267/17, publicado no Diário Oficial do Estado de 17 de novembro deste ano, que alterava a data de pagamento do ICMS para o 8º dia do mês. Além de revogar o Decreto, o diálogo com o governo garantiu que fosse mantida a mesma data – dia 20 de cada mês.

Giequelin ressalta a importância desta conquista, resultado da mobilização da classe empresarial contra uma medida autoritária do governo, que viria a prejudicar amplamente o comércio varejista.

Na foto, Giequelin está com o presidente da FCDL-MT, Ozair Bezerra (ao centro), que recebeu a notícia da revogação do decreto diretamente do governador Taques, por telefone, na última segunda-feira (27.11).

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Veja também

Edileudo Ramalho de Lucena é eleito Empresário Destaque de Nova Mutum 14/10/15O empresário do setor de comércio de materiais elétricos e eletrotécnica foi o mais votado entre seis nomes O prêmio Top of Mind 2015 tem uma novidade em relação às cinco edições anteriores. Pela primeira vez a Acenm/CDL fez uma votação para eleger um único empresário destaque do ano, homem ou mulher, além da tradicional premiação das marcas mais lembradas em cada segmento empresarial (confira aqui os ganhadores de 2015). O......
Cresce para 21% o número de empresários do varejo e de serviços que planejam aderir à Black Friday; média de descontos será de 24%, apontam CNDL/SPC Brasil29/10/19 Dentre os que participaram ano passado, 63% tiveram bom desempenho das vendas; 54% dos empresários não acreditam que vendas antecipadas na Black Friday prejudicam Natal Cada vez mais incorporada ao calendário de datas comemorativas do varejo nacional, a......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.