Aba 1

Postado em 29 de Novembro de 2017 às 15h01

Após mobilização das CDLs, Taques revoga Decreto 1267/17

Governo pretendia mudar do dia 20 para o dia 8 de cada mês o pagamento do ICMS

Acenm/CDL Governo pretendia mudar do dia 20 para o dia 8 de cada mês o pagamento do ICMS O associativismo empresarial conseguiu uma importante conquista nesta semana, comemorada pelo movimento cedelista mato-grossense e pela CDL Nova...

O associativismo empresarial conseguiu uma importante conquista nesta semana, comemorada pelo movimento cedelista mato-grossense e pela CDL Nova Mutum.

Após um jantar político realizado na sede da FCDL-MT entre o governador Pedro Taques, secretários e integrantes do Sistema CNDL (presidentes, diretores e associados), com presença do presidente da CDL Nova Mutum, Roberto Giequelin, o governo decidiu revogar o Decreto 1267/17, publicado no Diário Oficial do Estado de 17 de novembro deste ano, que alterava a data de pagamento do ICMS para o 8º dia do mês. Além de revogar o Decreto, o diálogo com o governo garantiu que fosse mantida a mesma data – dia 20 de cada mês.

Giequelin ressalta a importância desta conquista, resultado da mobilização da classe empresarial contra uma medida autoritária do governo, que viria a prejudicar amplamente o comércio varejista.

Na foto, Giequelin está com o presidente da FCDL-MT, Ozair Bezerra (ao centro), que recebeu a notícia da revogação do decreto diretamente do governador Taques, por telefone, na última segunda-feira (27.11).

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Veja também

Apesar da pandemia, vendas e empregos aumentam em Nova Mutum01/04 Relatório econômico de fevereiro divulgado pela Acenm/CDL aponta ainda alta nos registros de inadimplentes NOVA MUTUM, MATO GROSSO: Nova Mutum registrou saldo positivo de 324 novos postos de trabalho em fevereiro. Foram 985 admissões contra 661 desligamentos, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O saldo foi fortemente impulsionado pela indústria......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.